menu

Marina-e-Dilma

Marina Silva responde ataques de Dilma e parafraseia Jesus: “Daremos a outra face”

 

A disputa pela presidência da República vem ficando cada vez mais intensa com a proximidade do dia das eleições, e a troca de farpas públicas entre os candidatos passa a ser mais frequente. Comentando os ataques de Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PSB) parafraseou Jesus e afirmou que dará “a outra face” à candidata à reeleição.

Durante um encontro com empresários em Fortaleza (CE), Marina afirmou que tem baseado sua campanha em propostas, e questionou os motivos que levaram a presidente Dilma a não ter apresentado um plano de governo a menos de um mês para a eleição.

“Dilma Rousseff ainda não apresentou um programa de governo. Disse que o seu programa é ‘continuar o que já está fazendo’. […] Ela quer continuar fazendo o mesmo com as agências que deveriam servir a sociedade. […] A indicação dos seus diretores continuará do mesmo jeito: servindo para defender interesses particulares. Dizer que não vai apresentar um programa, talvez não seja porque ela não queira, mas porque ela não pode. Ela não pode dizer para o Renan [Calheiros] que não será ele quem mandará na Petrobrás. Ela não tem como dizer para as diretorias das agências que terão critérios técnicos para suas indicações”, afirmou Marina Silva, criticando o modelo de governo adotado pelo PT, que prioriza indicações de partidos aliados ao invés de profissionais das áreas específicas.

Marina disse ainda que, ao contrário do que a campanha petista diz, ela manterá os programas sociais porque sabe a importância deles na vida da população mais pobre: “Vamos preservar o Bolsa Família. Quem passou o que eu passei… que sentiu no corpo, na carne e na alma o que significa a fome, jamais acabará com a transferência de renda que faz a diferença na vida de uma mãe, na vida dos filhos. Isso é uma conquista na vida dos brasileiros. O ‘Minha Casa, Minha Vida’, o ‘Mais Médicos’… todos esses programas. Mas vamos complementa-los, inclusive com educação de qualidade, para que as filhas do Bolsa Família não virem novas mães do Bolsa Família”, disse a candidata do PSB.

Sobre os ataques recebidos da candidata à reeleição e interpretados como pessoais, Marina disse que não retribuirá: “A presidente Dilma é a nossa primeira mulher eleita em 500 anos da nossa história. É uma conquista da sociedade brasileira. Fique tranquila, presidente Dilma. Eu não vou fazer com a senhora o que a senhora está fazendo comigo. Eu aprendi com a minha vó nordestina que não se deve mentir. Que não se deve apunhalar pelas costas. Que não se deve cuspir no prato que nos alimentou. Isto eu não vou tirar de mim. Não vou usar as mesmas armas. Estamos prontos para oferecer a outra face. Para a face da mentira, a verdade; para a face do medo, a coragem; para a face da desesperança, a esperança que marcha”, concluiu.

Com informações do Gospel +

Go to top