menu

atletas-de-cristo

Seleção vai para a Copa com vários evangélicos

 

Apesar de não estarem tão em evidencia como na Copa de 2010, grupo possui quatro atletas de Cristo

Com a convocação dos 23 jogadores que integrarão a Seleção Brasileira de Futebol na Copa do Mundo, acabou o mistério e a expectativa. Durante meses surgiram boatos especulações e muitos nomes foram “cavados” por especialistas.

Embora a lista final não tenha apresentado grandes novidades, ficando dentro do esperado, os nomes que ficaram de fora também se tornaram assunto ao longo do dia.

Pouco tempo depois do anúncio oficial, por volta do meio-dia, a página oficial do Atletas de Cristo no Facebook comemorou: “Você orou conosco e quatro de nossos atletas foram convocados hoje para a Copa deste ano. Jefferson, Fernandinho, Hernanes e Fred”. Centenas de comentários mostravam que as pessoas ignoram o fato de o atacante Fred ser evangélico.

Uma reportagem recente do programa Globo Esporte revelou que Fred frequenta a Comunidade Evangélica Internacional da Zona Sul, no Rio de Janeiro. O atacante do Fluminense foi evangelizado pelo pastor Gilmar Santos, esposo da cantora Aline Barros, e chegou a frequentar a CEIZS por um tempo, parou e desde o início de 2014 voltou a ser visto no templo.

O goleiro Jefferson é bem articulado em relação a sua fé. Ano passado, o arqueiro do Botafogo envolveu-se em polêmica e quase foi penalizado por ter desenhado na cabeça um peixe, símbolo do cristianismo.

Um jogador evangélico que não foi mencionado pelos Atletas de Cristo, mas que constantemente fala sobre sua fé é o zagueiro David Luiz, do Chelsea. Ele usou as redes sociais para comentar a convocação, postando a mensagem “Viver esse momento é inexplicável! Quero agradecer a Deus, minha família e amigos! Farei de tudo para honrar meu povo!”.

Kaká, do Milan, e que comemorou o penta em 2002 mostrando uma camiseta com a frase “eu pertenço a Jesus”, não foi chamado. Ele não se pronunciou oficialmente sobre o assunto.

Por outro lado, o meia-atacante Lucas Moura, do PSG, que também ficou de fora da lista final, surpreendeu. Ele postou apenas versículo da Bíblia no Twitter. “Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé. 1 João 5:4”. O jogador teve essa sua mensagem republicada centenas de vezes e a maiorias das pessoas deu apoio, pedindo para ele “não desanimar”.

Se em 2010 a Seleção tinha na figura de Jorginho (auxiliar de Dunga) um evangélico fervoroso que reunia os jogadores evangélicos constantemente para orar, no período sob a liderança Mano Menezes os pastores perderam acesso à concentração. Felipão nunca demonstrou contrariedade e no grupo vencedor de 2002 havia vários jogadores evangélicos.

 

Com informações do Gospel Prime

Go to top